O balanceamento é fundamental

Aprenda a diferença entre balanceamento e alinhamento e suas vantagens.

O balanceamento é fundamental | Azul Seguros

É comum as pessoas confundirem balanceamento com alinhamento, mas saiba que são serviços diferentes. Eles até podem ser realizados juntos se for necessário ou por opção do dono do carro (saiba mais sobre o alinhamento da direção).

Além de otimizar o desempenho do carro, o balanceamento é essencial para conforto dos ocupantes do veículo.

Veja por que fazer o balanceamento das rodas
A função desse procedimento é eliminar vibrações no volante, no piso do carro, no painel de instrumentos ou nos assentos, além de acabar com os barulhos estranhos que o carro faz em movimento.

  • Conheça os danos que a falta de balanceamento nas rodas pode provocar no veículo:
  • Desgaste acentuado e irregular em alguns pontos da banda de rodagem dos pneus;
  • Desgaste antes do tempo de rolamentos, amortecedores, terminais de direção e articulador axial;
  • Perda de tração e estabilidade.

Saiba quando é a necessário fazer o balanceamento no seu carro
O conjunto de pneus é balanceado com um determinado peso de massa de borracha e, à medida em que ela se desgasta, a tendência é que o peso se desequilibre entre as rodas, deixando o veículo desbalanceado.

Existem também intervenções externas que podem deixar o carro desbalanceado, como pedras presas nos sulcos da banda de rodagem, lama presa nessa parte, e até mesmo dentro e fora da roda.

Para não haver dúvidas, listamos algumas informações para você saber quando deve levar seu carro para o balanceamento. Confira:

  • Uma vez ao ano ou a cada 10 mil km;
  • Quando realizar a troca dos pneus;
  • Se houver indícios de desgaste irregular dos pneus;
  • Quando surgirem vibrações ou ressonâncias;
  • Sempre que o conjunto roda e pneu forem desmontados para o conserto do pneu ou reparo da roda;
  • Sempre que for feito o rodízio dos pneus.
Compartilhar